A RECOMPENSA PARA QUEM HONRA A DEUS MULHER VIRTUOSA: A MULHER IDEAL

Marise Salete Almeida Fontes

Muitas mulheres soltam um suspiro de frustração sempre que ouvem sobre a mulher ideal de Provérbios 31. Nós nos sentimos exaustas só em ler sobre todas as coisas que ela faz! Uma explicação para as habilidades notáveis dela é que a descrição pode não ter sido de uma mulher de verdade, mas um retrato falado de mulher ideal.
Quer ela tenha existido ou não, vale a pena imitar seus princípios virtuosos. Diligente, habilidosa, compassiva, sensível, alegre e carinhosa, ela exercitava um julga- mento saudável e um bom senso nos negócios, respeitava seu marido e honrava a Deus.
Resumindo, a mulher virtuosa que é a ideal retratava características que Provérbios defende em todo livro. O que você pode aprender com esse exemplo de um casamento ideal?
Mesmo que não possua o tipo de posse descrito aqui, nem essa liberdade, você ainda pode imitar a força de caráter da mulher virtuosa. Se alguém escrevesse um “tributo de louvor” a você, o que desejaria que dissesse? Você pode selecionar duas ou três características que gostaria de construir em sua vida e então trabalhar nelas. É interessante o fato de Provérbios iniciar contando como se adquire conhecimento e sabedoria: “O temor do Senhor é o princípio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução” (Provérbios 1:7).
De forma apropriada Provérbios termina com o exemplo de uma mulher que honrou ao Senhor – e os resultados que isso trouxe à vida dela. “Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada” (Provérbios 31:30).
Esse é o tipo de mulher que quero ser. E você?

Por favor, siga e compartilhe:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *